Home / Diversas / Ministro do Irã chama Trump de criminoso de guerra; EUA podem impedir sua presença em reunião da ONU

Ministro do Irã chama Trump de criminoso de guerra; EUA podem impedir sua presença em reunião da ONU

Mohammad Javad Zarif, ministro de Relações Exteriores do Irã, no dia 30 de dezembro de 2019 — Foto: Evgenia Novozhenina/File Photo/Reuters

O Assassinato de Qassem Soleimani, um general do Irã, pelos Estados Unidos, foi um ato de um terrorismo estatal e o Irã vai responder de forma proporcional, disse o ministro de Relações Exteriores iraniano, Mohammad Javad Zarif, em uma entrevista à CNN.

Zarif disse que o presidente Donald Trump mostrou uma falta de respeito pelas leis internacionais ao ameaçar locais de patrimônio cultural iranianos

“Isso é terrorismo de Estado”, afirmou sobre a morte de Qassem Soleimani, comandante das Forças Quds, que pertencem às Guardas Revolucionárias, em um ataque feito com um drone em Bagdá, no Iraque, na semana passada.

“É um ato de agressão contra o Irã, e equivale a um ataque armado contra o Irã, e nós vamos responder. Mas vamos responder proporcionalmente, e não desproporcionalmente. Nós não somos fora da lei como o presidente Trump.

Veja esta notícia

ANDORINHA INICIARÁ O ATENDIMENTO DE RAIO-X NA UBS DA CIDADE

A Secretaria Municipal de Saúde de Andorinha, realizou nesta quinta e sexta-feira, treinamento para técnicos …